O Maior Site de Notícias de Piripiri!
alt-8d344b109b.jpg rock & cia

Bruno Damasceno - 95185135 bdamascenojunior@bol.com.br

PUBLICIDADE
botao--6952.gif
botao--9784.gif
botao--1794.gif
botao-kingdon--6271.gif
botao--5125.gif
botao--5332.png
botao--1912.jpg
botao--1091.jpg
botao--6275.gif
botao--5108.jpg
botao-Borracharia-Central-5894.jpg
botao--9287.jpg
botao-park-village-5502.png
botao--6770.jpg
botao--9878.jpg
botao--7247.jpg
botao--7813.gif
botao-Raphael-Assuncao-1046.jpg
botao--8067.gif
botao--3147.gif
botao--6833.jpg
botao--7347.jpg
botao--1259.gif
botao--5090.gif
botao--7144.gif
botao--5110.gif
botao--9382.jpg
botao--134.jpg




Stryper: Sebastian Bach Ameaça Michael Sweet no Twitter

Sebastian Bach mandou o Stryper para o inferno



28/01/2015

Não há certeza se Jesus, Deus ou a roupa listrada de preto e amarelo tem algo a ver com isto, mas parece que Sebastian Bach mandou o Stryper para o inferno. O cantor tweetou mais cedo uma mensagem que soa como se não estivesse feliz com Michael Sweet. Não estamos certos o que Bach tem em mente, mas ele definitivamente está com muita raiva em sua mensagem no Twitter, ameaçando Sweet de cala-lo, ele mesmo (Bach).

PUBLICIDADE




AC/DC: banda virá ao Brasil no início de 2016?

Uma das turnês mais aguardadas no Brasil



27/01/2015

Uma das turnês mais aguardadas no Brasil é a do AC/DC, que como sabemos, passou por diversos problemas recentemente, incluindo afastamento de dois membros, um deles ninguém menos que Malcolm Young, guitarrista fundador e pessoa fundamental na banda. Mas, mesmo assim, eles lançaram um novo disco, "Rock Or Bust", e a turnê de promoção já está sendo delineada.

Semana passada surgiu a notícia, divulgada por Lúcio Ribeiro no Popload, que o AC/DC já teria datas confirmadas no Brasil em novembro.






Rush: banda anuncia a R40 Live 40th Anniversary Tour

Esqueçam a R41!



22/01/2015
imagens da banda imagens da banda

Esqueçam a R41! Conforme havíamos mencionado ontem em nossa página no Facebook, o Rush acaba de anunciar a sua R40 Tour, turnê de aniversário pelos 40 anos desde o lançamento do álbum de estréia e da chegada do baterista Neil Peart, completados em 2014. Acompanhamos de perto (e com muita expectativa) desde o começo do ano passado os vários rumores e especulações sobre essa nova empreitada, sempre envolta por muitas indefinições e incertezas que partiam dos próprios músicos em inúmeras entrevistas - hoje temos, enfim, a aguardada confirmação. Após a liberação do novo layout no Rush.com ocorrida ontem, 21/01/2015, o site oficial informa inicialmente 34 cidades na América do Norte, iniciando o circuito no dia 08 de maio em Tulsa, Oklahoma, e finalizando em 01 de agosto em Los Angeles, Califórnia. Confiram o comunicado oficial:

Comemorando 40 anos, o Rush e a Live Nation confirmam que a R40 Live Tour visitará 34 cidades em toda a América do Norte neste verão a partir de 8 de maio em Tulsa, Oklahoma, terminando em 01 de agosto em Los Angeles, Califórnia. Estes shows imperdíveis destacarão as quatro décadas de música da banda. Os ingressos para a Rush: R40 Live Tour estarão à venda a partir de 30 de janeiro, em locais selecionados pela Ticketmaster.com e LiveNation.com.

Nosso palpite é que novas datas serão liberadas em breve, conforme ocorrido nas últimas turnês. Não fomos autorizados a dizer muito sobre o assunto, mas uma de nossas fontes afirma que o Rush está muito perto de retornar ao Brasil em 2015. Segundo o contato, as negociações estão adiantadas e, provavelmente, até fevereiro poderemos ter uma feliz confirmação. O mais interessante é que há chances dessa ser a maior tour do power-trio pelo país, pretendendo fechar uma quantidade maior de cidades do que em 2002 e 2010 (anos nos quais a banda trouxe as turnês Vapor Trails e Time Machine, respectivamente). Seguiremos acompanhando e, obviamente, surgindo qualquer novidade, informaremos.

Há poucos dias, mostramos uma foto que muitas fontes afirmaram ser a nova plataforma do kit de Peart sendo pintada pela DW. Além disso, trouxemos uma matéria da empresa Urbannboards (que produzirá um modelo de calçado para bateristas com a assinatura de Peart) informando que Rodrigo de Castilhos, o idealizador, estaria presente na NAMM Show em Anaheim, Califórnia (EUA) para expor seu produto, e que Lorne 'Gump' Wheaton, técnico de bateria de Peart, também marcaria presença na feira com o kit Time Machine. Conforme a postagem de Gump em seu Twitter, estávamos enganados.

"Se você der uma parada no estande da DW na NAMM Show em Anaheim, Califórnia... poderá encontrar algo que irá responder suas perguntas? Tchau por agora".

O novo kit R40 de Peart está de fato exposto na feira, que acontece de 22 a 25 de janeiro. Você poderá conferir abaixo a primeira foto do mesmo, enviada come exclusividade para nós pelo baterista e endorser da DW nos EUA, Mauro Tarakdian.






Música Brasileira: Quais os discos mais vendidos da história?



21/01/2015
mamonas assasino mamonas assasino

O intuito desta matéria é unicamente demonstrar como está o mercado do Rock no Brasil. Talvez os dois únicos discos que se encaixam na categoria Rock seriam RPM e Mamonas Assassinas e mesmo assim, são lançamentos de décadas atrás. Em mais 20 anos, nenhuma banda despontou como força no Rock no setor de vendas físicas.

01º. Músicas para Louvar o Senhor, Pe Marcelo Rossi: 3.328.468+
02º. Xou da Xuxa 3, Xuxa: 3.216.000+
03º. Leandro & Leonardo, Leandro & Leonardo: 3.145.814+
04º. Rádio Pirata ao Vivo, RPM: 3.000.000+
05º. Só pra Contrariar, Só Pra Contrariar: 3.000,000+
06º. 4º Xou da Xuxa, Xuxa: 2.920.000+
07º. Xegundo Xou da Xuxa, Xuxa: 2.754.000+
08º. Um Sonhador, Leandro & Leonardo: 2.732.735+
09º. Xou da Xuxa, Xuxa: 2.689.000+
10º. Mamonas Assassinas, Mamonas Assassinas: 2.468.830+
11º. Terra Samba ao Vivo e a Cores, Terra Samba: 2.450.411+
12º. Tribalistas, Tribalistas: 2.100,000+
13º. As Quatro Estações, Sandy & Junior: 2.000,000+
14º. Na Cabeça e Na Cintura, É O Tchan: 2.000,000+
15º. Preciso De Ti, Diante Do Trono: 2.000.000+

Já no segmento on-line podemos dizer que "despiora" a coisa, aparecem mais bandas de rock/pop:

1º. Ivete Sangalo: 3.700.000+
2º. Jota Quest: 3.100.000+
3º. NX Zero: 1.200.000+
4º. Cláudia Leitte: 1.100.000+
5º. Babado Novo: 1.100.000+
6º. Skank: 750.000+
7º. Sandy & Junior: 500.000+
8º. Capital Inicial: 500.000+

Sei que número de vendas não significam exatamente qualidade musical, especialmente pelo grande número de "produtos" musicais fabricados em laboratório que compõe a lista. Mas chega a ser triste esta realidade pois existem músicas excelentes e muitas bandas com qualidade bem acima das que são apresentadas aqui que passam décadas desapercebidas. E tenho que infelizmente concordar com a máxima: Santo de casa não faz milagre, especialmente na música.






Queen: Adam Lambert assina com gravadora logo após sair da RCA

Warner Bros e o novo lar do artista



19/01/2015

Dizem que você não consegue deixar um bom homem para baixo, mas nos caso de Adam Lambert, ele ficou menos de 24 horas.

O artista solo e vocalista atual do Queen conta à Billboard que ele achou um novo lar na Warner Bros. Records, e que a gravadora entrou em contato com ele logo após a notícia de que ele havia deixado a RCA Records.

“No dia seguinte, a Warner Bros. entrou em contato conosco, o que eu achei que foi fantástico e foi como um alívio”, diz Lambert. “Foi assustador fazer aquele anúncio para o mundo.”

Lambert e seu time de gestão se juntaram e pensaram, decidindo ir aos produtores e compositores suecos, Max Martin e Shellback. Os dois trabalharam com Lambert pela primeira vez meses depois da quase vitória no Idol e a colaboração gerou dois hits, “Whataya Want From Me”, que chegou ao 10º lugar na Billboard Hot 100, e “If I Had You”, que passou 20 semanas nas paradas, chegando ao 30º lugar.

“Eu marquei um encontro com Max Martin e Shellback. Nós começamos a falar sobre a vida, política, moda, tudo”, Lambert lembra. “Eles disseram ‘Você parece diferente, Adam’ e eu disse ‘Eu me sinto um pouco diferente.’ E eu pedi a ajuda deles.”

Quatro anos após seu primeiro trabalho juntos, o trio continuou onde parou, com Martin e Shellback se oferecendo para serem produtores executivos do próximo lançamento do artista de 32 anos, o primeiro de seu contrato com a Warner Bros., previsto para ser lançado no início do verão.

Como Martin disse com exclusividade à Billboard: “Shellback e eu percebemos pela primeira vez em 2009 que um talento como de Adam Lambert não aparece muito frequentemente. Nós amamos a experiência, então torcemos para que nossos caminhos se cruzassem novamente. Então quando Adam veio até nós com uma nova oportunidade de trabalharmos juntos, nós aceitamos e até sugerimos uma relação mais profunda em que teríamos a chance de realmente ajudar o Adam a definir a música do álbum. Nós nos juntamos ao melhor parceiro na Warner Brothers e mal podemos esperar para que todos ouçam o álbum. Nós estamos orgulhosos com o trabalho e esperamos que gostem tanto quanto nós!”

O criador de hits descreve a experiência como “uma grande jornada”. Lambert certamente concordaria. Leia mais sobre como isso aconteceu abaixo:

O que era importante para você em um novo contrato?
Adam: Achar um novo lar em que eu me encaixasse. Como você sabe, eu deixei a RCA por diferenças criativas. Eles são ótimos. Eu tenho uma ótima relação, mas eu não senti que nós queríamos as mesmas coisas para o próximo capítulo, então eu decidi deixá-los.

Como você, Max e Shellback se reconectaram?
Adam: Eu estrava trabalhando com demos e marquei uma reunião com eles. Eles são dois dos meus produtores favoritos e estão no topo. Eu amo tudo o que fazem, e eu estava animado de nos reunirmos novamente após termos trabalhado em “For Your Entertainment”. Foi bom se juntar e rir. Havia um ar casual e humilde, e quando você está no estúdio, é isso que quer. Eu toquei uma música para eles e ficamos animados. Eles ouviram meu crescimento pessoal e as coisas que eu queria dizer por meio das letras. Resumindo, eles se ofereceram para serem produtores executivos desse álbum, e esse pareceu ser um grande momento.

O que você acha deles fazerem músicas tão inegáveis?
Adam: Os dois são gênios no que fazem. E a vibe que criam não tem ego, é sobre fazer uma música boa. E é assim que deve ser. E eles me deixam ser eu mesmo.

Houve rumores de uma participação de Tove Lo, além de outro. Você pode revelar algum colaborador?
Adam: Eu não posso, mas posso dizer que o primeiro single sairá em abril. Eu acho que as pessoas se surpreenderão. O álbum é como uma nova era para mim – emocionalmente, sonoramente. É fresco, é novo. Ainda sou eu. Ainda é o que os fãs conhecem e gostam, mas é 100% um novo capítulo.

E foi gravado na Suécia?
Adam: Sim, eu passei dois meses em Estocolmo no começo de 2014 escrevendo as músicas. Foi um período bem focado. Eu não tenho uma vida social lá, eu não tinha nenhum compromisso profissional então eu ia para o estúdio quase todos os dias. Era bom; me permitia pensar sobre onde eu estava em minha vida e onde estive, o que eu queria dizer e como eu queria dizer, e eu trabalhei com pessoas incríveis.

O que você pode nos dizer sobre o álbum sonoramente? Você pode nos dar uma dica sobre o que estava ouvindo?
Adam: Eu queria que fosse algo mais interno e mais fundamentado. Um pouco menos teatral e extravagante. Eu queria trazer um pouco mais. Estar em turnê com uma banda de rock britânica, e ido à Londres bastante esse ano, ensaiando com eles e fazendo aparições na TV, acho que isso afetou meu som e onde estamos o levando. [A Europa] está bem a frente na curva, ou nela, e eu fui influenciado por isso. Vocalmente, é bem mais íntimo comparado ao que fiz no passado. Há um pouco mais de ousadia, conflito interno e poesia.

Você foi ao compositor nº 1 do mundo, o quão importante são os hits para você?
Adam: Acho que está bem claro o que queremos com esses dois caras. Eles são mestres. Eles são gênios da melodia. Parece muito simples e muito complexo. E eu amo isso. É sem esforço e gracioso. Eles sabem o que as pessoas querem ouvir e que a melhor maneira de alcançá-las é pelo rádio. É uma das razões pelas quais eu queria trabalhar com eles – por causa de suas especialidades na área.

Faz seis anos desde que a América o viu pela primeira vez no Idol, o que você aprendeu sobre o ramo da música nesse tempo?
Adam: Quando você entra rapidamente com a trajetória após o American Idol, é fácil ver o ramo como um fã veria: você não vê os prós e contras. E você aprende quando está dentro. Com “Trespassing”, eu aprendi bastante sobre rádio. Eu aprendi muito sobre meus fãs com o passar dos anos – da importância e como você tem que ouvi-los. Estar no palco com o Queen e me lembrar das coisas mais importantes de música e performance são as coisas mais atemporais: transcende competições de popularidade. Tem mais a ver com a verdade, emoção, honestidade e a conexão com a audiência, a música e o momento. [A turnê com o Queen] tem sido boa para mim em nível de confiança. Me fez sentir que estou no caminho certo e humilde ao mesmo tempo. Eu estou entrando em uma posição que costumava ser ocupada pelo maior vocalista de todos os tempos. Tentar viver com esse legado tem sido desafiador e recompensador.






15-01-1985.Fim da ditadura: Brasil volta a ter um presidente civil após 21 anos de regime militar

Fico mais feliz quando consigo um acordo entre partes contrárias que quando venço um adversário nas urnas.



15/01/2015
cartaz da epóca. cartaz da epóca.

No dia 15 de janeiro de 1985, o Brasil voltou a ter um presidente civil após longos 21 anos de regime militar. Por uma eleição indireta, o escolhido para o cargo foi Tancredo Neves, ex-governador de Minas Gerais e candidato da Aliança Democrática. No pleito, ele venceu o deputado Paulo Maluf, do PDS, por 480 contra 180 de um total de 686 votos do Colégio Eleitoral. Antes de Tancredo Neves, o último presidente civil do país foi João Goulart, deposto em 1964. Apesar de a eleição de Tancredo Neves ter ocorrido de maneira indireta, sua vitória foi considerada fundamental para o processo de redemocratização do país. Contudo, na véspera de sua posse, programada para o dia 15 de março de 1985, Tancredo Neves sofreu uma crise aguda de peritonite e foi para o Hospital de Base de Brasília. Ele ficou internado 38 dias, passou por sete cirurgias e morreu no dia 21 de abril de 1985, sem ter conseguido vestir a faixa presidencial.
FONTE:HISTORY.COM






Sonata Arctica: Recife também confirmada na rota dos finlandeses

SONATA ARCTICA no Brasil.



12/01/2015
 SONATA ARCTICA SONATA ARCTICA

Mais uma cidade se junta ao roteiro da banda finlandesa SONATA ARCTICA no Brasil. É a vez da capital pernambucana, que recebe os finlandeses colecionadores de discos de ouro no primeiro domingo após o carnaval, 22 de fevereiro, às 19h, no Clube Internacional.

Assim como os demais shows da turnê, o show em Recife focará nas comemoração dos quinze anos do álbum "Eliptica" e promoverá o mais recente disco, “Pariah’s Child”, mas muitos outros clássicos do SONATA ARCTICA não ficarão de fora.

Maiores informações (preço dos ingressos, bandas de abertura, pontos de venda, classificação etária) devem ser divulgadas em breve.






Nirvana: fã criou vírus de computador para homenagear Kurt Cobain

"WM97/Panggil.C"



10/01/2015
Kurt Cobain Kurt Cobain

Em 2002, um fã da banda Nirvana criou o vírus de computador "WM97/Panggil.C" em homenagem ao vocalista da banda Nirvana, Kurt Cobain. Além de alterar as configurações do usuário, o vírus declamava às segundas e sextas-feiras, parte da canção "Dumb", acompanhado da data de nascimento e de morte do músico: (The Sun Is Gone But I Have A Light 1967-1994). Sendo um vírus de macro do Word 97 e 2000, todos os arquivos gerados pelo programa eram acrescidos da palavra "grunge", e ao acessar o menu ferramentas/macro, o vírus usava o Assistente do Office para exibir a seguinte mensagem:
"Grunge bloqueou o seu sistema; o seu sistema foi desativado pelo Grunge. Não é possível abrir o código VB Macro nesse instante, porque o sistema está ocupado. Por favor verifique com o administrador do sistema."

O vírus criava um diretório chamado OSGrunge (no endereço C:\\Windows\\OSGrunge), e mantinha lá o arquivo GRUNGE1.INI, contendo um registro de todas as infecções feitas.

Vale lembrar, que em 2012, segundo o jornal britânico Daily Mail, um vírus atacou computadores de duas importantes usinas nucleares iranianas, Natanz e Fordo, tocando a música “Thunderstruck”, da banda AC/DC, no volume máximo.






Nasce João Cabral de Melo Neto, poeta e autor de Morte e Vida Severina 09-01-1920

A vida não se resolve com palavras.



09/01/2015
João Cabral de Melo Neto João Cabral de Melo Neto

No dia 9 de janeiro de 1920 nascia no Recife, em Pernambuco, João Cabral de Melo Neto, poeta, diplomata e autor do clássico “Morte e Vida Severina” (1966). Avesso ao romantismo e à paixão em suas poesias, seu trabalho é basicamente racional, com a construção elaborada e pensada da linguagem, preocupado em transformar toda a percepção em imagem de algo concreto, relacionado aos sentidos, em especial ao tato. Melo Neto convivia em um influente círculo relacionado à arte. Era irmão do historiador Evaldo Cabral de Melo e primo do poeta Manuel Bandeira e do sociólogo Gilberto Freyre. Entre seus amigos estavam o pintor Joan Miró e o poeta Joan Brossa. Membro da Academia Brasileira de Letras (1968), recebeu importantes prêmios como o Camões (1990), o Neustadt International Prize for Literature (1992) e o Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana (1994). Melo Neto morreu no dia 9 de outubro de 1999, no Rio de Janeiro.






Nasce o físico teórico Stephen Hawking 08-01-1942

Deus não só joga dados, como os joga onde não podemos ver.



08/01/2015
Stephen Hawking Stephen Hawking

No dia 8 de janeiro de 1942 nascia em Oxford, na Inglaterra, o físico teórico Stephen William Hawking, um dos mais consagrados cientistas da atualidade. Doutor em cosmologia, foi professor lucasiano de matemática na Universidade de Cambridge, posto já ocupado por Isaac Newton. Depois de atingir a idade limite para o cargo, tornou-se professor lucasiano emérito daquela universidade. Apesar de hoje ser um grande pesquisador e apontado um gênio depois de Eisntein, até os 10 anos ele era considerado um bom aluno na escola, mas não era excepcional. Em 1959, ingressou na University College, em Oxford, onde começou a estudar física. Hawking tinha interesse, primeiramente, em matemática, contrariando o seu pai, que desejava que o filho estudasse medicina. Ele se formou em física em 1962 e depois obteve o doutorado na Trinity Hall, em Cambridge, em 1966, onde é atualmente um membro honorário. Nesta época, quando tinha 21 anos, foi detectada a doença degenerativa ELA (esclerose lateral amiotrófica), que não tem cura e que afetou os movimentos de Hawking. Por causa da evolução da doença, ele hoje se encontra praticamente paralisado e não pode mais manter suas atividades científicas. Em 1985, ele precisou passar por uma traqueostomia após uma pneumonia e, desde então, se comunica por meio de um sintetizador de voz. No ano seguinte, foi nomeado pelo papa João Paulo II membro da Pontifícia Academia das Ciências. Entre 1979 e 2009, entrou para o departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica de Cambridge, onde atualmente é professor lucasiano emérito. Os principais campos de pesquisa de Hawking são cosmologia teórica e gravidade quântica. Em 1971, junto com Roger Penrose, provou o primeiro de muitos teoremas de singularidade. Ele também sugeriu que, após o Big Bang, foram formados os mini buracos negros. Em 1974, calculou que os buracos negros deveriam, termicamente, criar ou emitir partículas subatômicas, chamadas de radiação Hawking e também demonstrou a possível existência de mini buracos negros. Na sua vida particular, Hawking se casou duas vezes. A primeira foi em 1965 com Jane Wilde, de quem se separou em 1991. Depois, casou-se com sua enfermeira, Elaine Mason, em 1995. Hawking tem três filhos e um neto. O cientista também tem um currículo no mundo do entretenimento. Em 1993, participou de um episódio da série Star Trek - A Nova Geração - em uma cena em que é um holograma, na qual joga cartas com Newton, Einstein e o personagem Data. No ano seguinte, participou da gravação do disco do Pink Floyd, The Division Bell, fazendo a voz digital em "Keep Talking". Além disso, fez participações em Os Simpsons, Futurama, O Laboratório de Dexter, Os Padrinhos Mágicos, no desenho Dilbert e em Superhero Movie. Hawking também é autor de obras consagradas como "Breve História do tempo" (1988), "Buracos Negros, Universos Bebês e Outros Ensaios" (1993) e "O Universo numa Casca de Noz", lançado no Brasil em 2001.






Bilheterias Brasil: Uma Noite no Museu 3 tem boa estreia, mas Êxodo - Deuses e Reis se mantém no topo

Cada um dos dois filmes levou mais de 600 mil pessoas aos cinemas no fim de semana.



07/01/2015
imagem HD imagem HD

2015 começou com uma boa briga nas bilheterias brasileiras. De um lado, Êxodo: Deuses e Reis, que tinha conquistado uma das melhores estreias do ano na semana anterior. Do outro lado, a estreia da aventura familiar Uma Noite no Museu 3 - O Segredo da Tumba, fim da trilogia com Ben Stiller. Os dois apresentaram bons resultados, mas o épico bíblico de Ridley Scott se manteve na liderança, com mais 682 mil espectadores em média, de acordo com os dados provisórios do site Filme B. Êxodo já ultrapassou 2,2 milhões de espectadores em menos de duas semanas.

Uma Noite no Museu 3 ficou na vice-liderança, com 607 mil espectadores. O filme ainda registrou as salas mais cheias de todos os títulos em cartaz, com a média de 975 espectadores por sala. Com boa sustentação, o filme da Disney Operação Big Hero ficou em terceiro lugar, com 367 mil espectadores, à frente de Os Caras de Pau em O Misterioso Roubo do Anel (295 mil espectadores) e O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos (182 mil espectadores).

Entre as demais produções em cartaz, destaque para dois filmes de médio porte que têm registrado resultados excelentes: tanto Relatos Selvagens quanto O Abutre se mantém firmes e fortes no top 10, com quedas ínfimas de 7% e 3% nas bilheterias, respectivamente, em relação à semana passada. Ou seja, o boca a boca está funcionando bem para estas duas histórias sombrias e empolgantes.






Kiss: informação sobre ingressos para show em BH

A produtora Nó de Rosas divulgou informações sobre ingressos para o show



06/01/2015
banda kiss banda kiss

A produtora Nó de Rosas divulgou informações sobre ingressos para o show do KISS em BH, de acordo com a produtora, as vendas estão programada para as 00h01 da próxima quinta-feira, 08/01. Os preços da apresentação, marcada para 23 de abril, vão de R$ 200 na cadeira superior (R$ 100 meia-entrada) a R$ 600 para pista premium (R$ 300 meia). A produtora informa ainda que em todos os setores haverá acesso para portadores de necessidades especiais.

As vendas online acontecem pelo site IngressoFácil, também a partir das 00h01 do dia 08/01, porém as vendas online serão restrita ao uso de cartão de crédito, e inclui bilhetes de meia-entrada. Os pontos de venda física são o Class Club Sion (Avenida Bandeirantes, 20), com atendimento entre 10h e 15h, e a bilheteria da Arena Independência (Rua Ismênia Tunes, Horto) de 10h às 17h.

A produtora lembra ainda que o benefício da meia-entrada é reservado aos menores de 21 anos, estudantes e idosos, com exigência de documentação no momento da compra. O show do KISS terá censura 16 anos, assim menores de 16 novas deverão estar acompanhadas de pais ou responsáveis.

Abaixo os setores e preços de ingressos para show do KISS em BH:

Cadeira superior: R$ 200 (inteira)/R$ 100 (meia)
Cadeiras especiais: R$ 300 (inteira)/R$ 150 (meia)
Pista: R$ 400 (inteira)/R$ 200 (meia)
Pista premium: R$ 600 (inteira)/R$ 300 (meia)






Skid Row: ainda tem quem vai aos shows esperando ver Sebastian Bach

Pode parecer incrível, mas embora tenha saído da banda em 1996.



03/01/2015
 Sebastian Bach Sebastian Bach

Pode parecer incrível, mas embora tenha saído da banda em 1996, até hoje ainda tem quem vai a um show do Skid Row esperando ver Sebastian Bach no vocal. Pelo menos é o que diz o guitarrista Dave "Snake" Sabo:

"Eu acho isto engraçado, quer saber? Como você pode julgar a estupidez?" comentou Snake durante entrevista para o podcast de Chris Jericho, lutador de wrestler e integrante do Fozzy. "Johnny (Solinger, que ocupa o posto de vocalista desde 1999) lida com isto na boa. O que acontece é que ele é um cara alto que canta no Skid Row e tem cabelos compridos e loiros, e algumas pessoas talvez não saibam (que Sebastian não está mais na banda), são pessoas que não estão antenadas com as coisas, por mim tudo bem, ao menos eles tem alguma familiaridade com a nossa história".

Atualmente o Skid Row é formado por Dave "The Snake" Sabo (guitarra, vocais), Rachel Bolan (baixo, vocais), Scotti Hill (guitarra, vocais),
Rob Hammersmith (bateria) e Johnny Solinger (vocais).






Dave Grohl: frontman explica seu processo de composição

Quer saber como Dave Grohl faz uma música?



02/01/2015
Dave Grohl Dave Grohl

De acordo com o The Pulse of radio, o frontman do FOO FIGHTERS explicou como as faixas de “Sonic Highways” surgiram em um vídeo postado pelo apresentador Jimmy Fallon, do Tonight Show.

Os fãs já devem saber que Grohl gravou em oito cidades diferentes e em vários estúdios pelo país, mas agora ele revelou como isso foi feito. O FOO FIGHTERS começava a gravar durante o dia, e pela noite, Grohl entrevistaria vários músicos locais. No dia quatro ou cinco, Grohl iria rever a transcrição das entrevistas e destacar as músicas que queria escrever.

Ele disse: “Eu escolhia palavras, frases e sentenças das entrevistas.” Ele então colocava essas palavras em um diário e usar as frases para conseguir inspiração para as músicas.

Ele continua: “Ela deveria representar a semana inteira que nós estávamos lá, contando as histórias das pessoas com quem eu falei.”

O FOO FIGHTERS vai passar grande parte de 2015 na estrada. A turnê nos EUA começa em Julho, após a viagem por outros países.






29-12-2001,Cantora Cássia Eller morre de maneira repentina

A morte de Cássia aconteceu dias antes de um show programado na Barra da Tijuca



29/12/2014
Eller Eller

O ano de 2001 foi um dos mais produtivos e também o da morte da cantora Cássia Eller. Pouco antes da virada do ano, no dia 29 de dezembro, ela sofreu um repentino infarto do miocárdio aos 39 anos, no Rio de Janeiro. Foi levantada a hipótese de overdose de drogas, mas a suspeita acabou descartada após laudos periciais. A notícia chocou os fãs. A morte de Cássia aconteceu dias antes de um show programado na Barra da Tijuca, durante a virada do ano. Antes, no começo daquele ano, ela se apresentou no Rock in Rio III e, entre maio e dezembro, fez quase 100 shows. Ainda em 2001, gravou um DVD, o Acústico MTV. Nascida no dia 10 de dezembro de 1962, Cássia Eller tinha como marcas sua potente voz e uma grande presença de palco. Ela começou a ficar conhecida em 1989, quando foi contratada pela gravadora PolyGram. Sua primeira participação em disco foi em 1990, no LP de Wagner Tiso chamado "Baobab". Depois de assumir a postura de intérprete (ela compôs apenas três músicas), Cássia Eller cantou canções de compositores como Cazuza, Renato Russo, Caetano Veloso, Chico Buarque, Nando Reis e Arrigo Barnabé. Também cantou clássicos do rock, como músicas de Jimi Hendrix, Rita Lee, Beatles, John Lennon e Nirvana. Homossexual assumida, Cássia Eller morava com a parceira Maria Eugênia Vieira Martins, que criava o filho da cantora, Francisco. O menino, apelidado de Chicão, nasceu de um relacionamento com o baixista Tavinho Fialho. O pai morreu meses antes do nascimento do menino, vítima de um acidente automobilístico.





P?gs.: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10