O Maior Site de Notícias de Piripiri!
PUBLICIDADE
botao--1689.jpg
botao--541.jpg
botao--7060.png
botao--2868.png
botao--6013.jpeg
botao--6466.jpeg
botao--1189.png
botao--4381.png
botao--8483.jpg
botao--6252.gif
botao--4098.jpg
botao--1177.png
botao--4152.jpg
botao--5606.jpg
botao--2805.png
botao--6038.jpg
botao--5607.jpg
botao--5946.png
botao--8388.jpg
botao--9287.jpg
botao--7694.jpg
botao--7572.jpg
botao--6833.jpg
botao--1259.gif
botao--3358.png
botao--5090.gif



Em 5 meses, Piripiri arrecada R$ 1,3 milhão com IPVA e multas; vereadores apuram destino do dinheiro



12/06/2019

A Prefeitura de Piripiri arrecadou R$ 967 mil reais com IPVA e R$ 350 mil com multas, nos primeiros cinco meses de 2019. A informação foi levada à tribuna da Câmara Municipal e vereadores questionaram sobre o destino desse valor.

Os vereadores Revétrio Sousa e Beatrice Pimentel fizeram um levantamento dos dados de arrecadação com IPVA e multas pelo município de Piripiri.

Na sessão, Beatrice apresentou imagens e levou documentos que deixam em dúvida a aplicação de várias multas e da situação de vias. "Pessoas estão sendo multadas de forma irregular", disse, citando alguns exemplos de casos que chegaram até a parlamentar, que também criticou a falta de sinalização e a falta de condições de ruas e avenidas. "Só posso cobrar de um cidadão quando eu dou pelo menos condição para ele ser cobrado", complementou, pedindo ainda uma sinalização mais eficiente nas passagens elevadas, como tintas refletivas.

Revétrio Sousa complementou com um cálculo e disse que, em 2 anos e meio, são quase R$ 2 milhões arrecadados com multas e quase R$ 5 milhões de IPVA. "Falta transparência. Cadê e para onde foi esse dinheiro? Nós temos esse papel de questionar", disse.

PASSAGEM ELEVADA TERIA CUSTADO R$ 26 MIL

Revétrio criticou ainda o valor das passagens elevadas. Após a Câmara pedir informações sobre o valor e ficar sem resposta, ele contou que cada uma custou R$ 26 mil. "Me dê R$ 6 mil que faço uma em qualquer lugar do Brasil", disse.

Beatrice enviou ofício ao setor de arrecadação para que apresente informações sobre o destino dos valores arrecadados.