O Maior Site de Notícias de Piripiri!
PUBLICIDADE
botao--7759.jpg
botao--3114.gif
botao--5812.gif
botao--963.gif
botao--4079.jpg
botao--7239.jpg
botao--727.jpg
botao--858.gif
botao--6252.gif
botao--8157.gif
botao--5125.gif
botao--981.jpg
botao--4102.gif
botao--6598.png
botao--8908.jpg
botao--5607.jpg
botao--9287.jpg
botao--6770.jpg
botao--9878.jpg
botao--7813.gif
botao-Raphael-Assuncao-1046.jpg
botao--7694.jpg
botao--6833.jpg
botao--1259.gif
botao--3358.png
botao--5110.gif
botao--5090.gif
botao--9382.jpg



Justiça concede liberdade para ex-pm que matou a esposa em Capitão de Campos



06/02/2018

Hugo Viana Lino, ex-sargento da Polícia Militar do Piauí, acusado de matar a esposa Neylívia Oliveira com onze tiros, na cidade de Capitão de Campos-PI, está solto para responder ao processo em liberdade. O crime aconteceu na casa do casal na noite da Páscoa de 20 de abril de 2014. Hugo foi preso no local e julgado em maio de 2017 pelo júri popular.

O Tribunal de Justiça do Piauí, através da 1ª Câmara Criminal, acordou em unanimidade e concedeu liberdade através de Habeas Corpus impetrado pelo advogado de defesa Pitágoras Veras Veloso. O julgamento do recurso aconteceu no dia 02 de janeiro e já foi lavrado o Alvará de soltura do acusado.

Esta é a segunda grande vitória da defesa frente ao caso, haja vista o advogado ter conseguido ainda do ano passado a anulação do júri realizado em maio de 2017, onde Hugo havia sido condenado a mais de 29 anos de prisão.

De acordo com a defesa feita pelo advogado do caso, Pitágoras Veloso, na realização do júri houve o cerceamento do direito de plena defesa do acusado. O pedido de anulação foi julgado pelo Tribunal que determinou a anulação da sentença, devendo o acusado ser pronunciado novamente para que em nova data venha a ser julgado.

Hugo Viana Lino agora irá esperar o trâmite do processo em liberdade. Caso venha a ser julgado e condenado novamente, voltará para cumprir a pena.

Fonte: GP1






1 2 3 4 5 6 7 8 9 10