Pop Up

Clique para ver todos os detalhes

O Maior Site de Notícias de Piripiri!
PUBLICIDADE
botao--2823.gif
botao--3114.gif
botao--5812.gif
botao--963.gif
botao--858.gif
botao--6252.gif
botao--8157.gif
botao--5125.gif
botao--981.jpg
botao--4102.gif
botao--4405.jpg
botao--6598.png
botao--8908.jpg
botao--5607.jpg
botao--9287.jpg
botao--6770.jpg
botao--9878.jpg
botao--7813.gif
botao-Raphael-Assuncao-1046.jpg
botao--7694.jpg
botao--7347.jpg
botao--6833.jpg
botao--1259.gif
botao--5090.gif
botao--7144.gif
botao--5110.gif
botao--9382.jpg



Lei obriga estabelecimentos a oferecer cadeiras de rodas no Piauí



03/01/2018

Agora é Lei. Os estabelecimentos públicos e privados do Piauí deverão disponibilizar cadeiras de rodas para as pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida.

A Lei de autoria do deputado estadual Hélio Oliveira (PR) já foi sancionada pelo governador do Estado, Wellington Dias (PT). De acordo com o deputado, essa medida busca ampliar e garantir a acessibilidade para todos.

“Os bancos, supermercados, hipermercados, shoppings centers, cinemas, espaços de cerimônias fúnebres, terminais de transporte público (seja rodoviário, aeroviário ou de trem), restaurantes e outros locais de grande circulação ou concentração de pessoas, ficam obrigados a disponibilizarem, no mínimo 02 (duas) cadeiras de rodas para utilização de pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida”, destaca o texto da Lei.

Ao sancionar a Lei, no dia 28 de dezembro de 2017, o governador Wellington Dias concedeu o prazo de 90 dias – a contar da publicação – para que os estabelecimentos acima citados realizem todas as adaptações para cumprimento desta norma.

O descumprimento desta Lei (sem prejuízos de outras penalistas previstas na legislação em vigor) sujeita aos infratores advertência (na primeira autuação), pagamento de multa de R$ 500 (em casa de reincidência) e até a cassação da Inscrição Estadual (quando couber no caso de duas ou mais reincidências).

Para Hélio Oliveira, é preciso trabalhar com políticas públicas que assegurem melhoria de vida, principalmente para os que mais precisam de cuidados.

“Iniciamos o ano da melhor forma possível, garantindo mais igualdade de direitos sociais e conforto para as pessoas com deficiência. Esperamos que todos os estabelecimentos cumpram essa lei no prazo concedido, pois estamos tratando de direitos humanos, o direito a uma vida digna para todos”, afirma o parlamentar.

O Poder Executivo regulamentará a presente Lei no prazo de 120 dias após sua publicação.

Com informações da Alepi





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10