O Maior Site de Notícias de Piripiri!
alt-a3fcaa8182.jpg personalidades historicas

Clodoaldo Malaquias - 999546587 malaquias1974@gmail.com

PUBLICIDADE
botao--2823.gif
botao--3528.png
botao--1685.gif
botao--963.gif
botao--858.gif
botao--6252.gif
botao--8157.gif
botao--5125.gif
botao--981.jpg
botao--4102.gif
botao--4405.jpg
botao--8908.jpg
botao--9287.jpg
botao--6770.jpg
botao--9878.jpg
botao--7813.gif
botao-Raphael-Assuncao-1046.jpg
botao--7694.jpg
botao--7347.jpg
botao--6833.jpg
botao--1259.gif
botao--5090.gif
botao--7144.gif
botao--5110.gif
botao--9382.jpg



Chico do Romance Cordelista Piauiense



29/08/2017

Um poeta que conta a história do seu povo através de rimas. Esta é a vida do cordelista Francisco Perez de Sousa, 75 anos, mais conhecido como 'Chico dos Romances' e morador da cidade de Piripiri, Norte do Piauí. Famoso na sua região pelos improvisos e sua poesia, ele é reconhecido internacionalmente por universidades de países como França, Japão, Holanda e Estados Unidos.
O artista tem 200 publicações sobre a literatura de cordel. A arte é bastante apreciada no Nordeste, através de rimas em que o poeta popular conta histórias, romances e brinca com o imaginário. Geralmente os folhetos são vendidos em feiras e mercados.
Chico dos Romances, por exemplo, tem há 60 anos a sua banquinha no mercado da cidade. Até o reconhecimento, o artista conta que a sua trajetória não foi fácil. "Minha mãe faleceu eu tinha um ano de idade e fui criado pela minha avó materna, que também morreu anos depois. Aos seis anos eu tive que morar na rua, dormia pelas calçadas em Fortaleza e já produzia o cordel para sobreviver", lembrou.

O piauiense conhecido internacionalmente segue uma vida simples e de muito talento. Aos visitantes e clientes do local o poeta declara os seus versos com um microfone improvisado e por onde passa chama a atenção. Os feirantes reconhecem e aprovam o trabalho de Chico dos Romances. "Ele tem um trabalho muito bonito. É um poeta da nossa cidade, mas que traz a história de todos os brasileiros através das suas rimas", declarou um dos comerciantes.





1 2 3 4 5 6 7 8 9 10