O Maior Site de Notícias de Piripiri!
alt-a3fcaa8182.jpg personalidades historicas

Clodoaldo Malaquias - 999546587 malaquias1974@gmail.com

PUBLICIDADE
botao--2823.gif
botao--3528.png
botao--1685.gif
botao--963.gif
botao--858.gif
botao--6252.gif
botao--8157.gif
botao--5125.gif
botao--981.jpg
botao--4102.gif
botao--4405.jpg
botao--8908.jpg
botao--9287.jpg
botao--6770.jpg
botao--9878.jpg
botao--7813.gif
botao-Raphael-Assuncao-1046.jpg
botao--7694.jpg
botao--7347.jpg
botao--6833.jpg
botao--1259.gif
botao--5090.gif
botao--7144.gif
botao--5110.gif
botao--9382.jpg



Cresce o número de desigrejados no Brasil.



15/08/2017

A Pesquisa Nacional de Amostra de Domícilios crava: existem 11 milhões de desigrejados evangélicos no Brasil. Vou repetir: 11 milhões. Uma população de uma metrópole como São Paulo. Gente que acredita na Palavra de Deus, ora, estuda a Bíblia, chora pelos pobres e desassistidos e está inconformada com as injustiças do mundo. Mas não consegue pisar em uma igreja. Estabelecer comunhão. Participar de Santa Ceia. Não se sente integrado, acolhido, amado. Uma chaga de proporções inimagináveis vitaminada pela indiferença de quem está dentro das instituições. Líderes e frequentadores. Fato.

Os sinais são abundantes. Nos domingos à noite, sou um daqueles que param tudo para acompanhar o culto da Igreja Batista da Água Branca e a palavra de seus pastores. Dei uma olhada na audiência no You Tube: 540 pessoas. Uma igreja inteira grudada em um laptop, smarthphone ou TV de alta definição. Muitos porque moram no exterior. Outros porque não querem se envolver. Raciocine: é muita coisa. Sim, porque a IBAB não é uma igreja presente nas televisões abertas. Tem um pastor conhecido (Ed Renê Kivitz), mas que não é midiático.

Não duvide: poderia ser pior. Centenas e milhares de casais espalhados pelo país estão feridos, machucados e dilacerados espiritualmente nas igrejas. Não abandonam o barco pelos filhos. Quer que desde os primeiros minutos o seu herdeiro sinta o poder de Deus e o seu legado e ministério. Justo, bonito, altivo, mas também cruel. Por que? Almas feridas e destruídas não só por fatos do passado, mas pela indiferença do presente.

Um certo dia, uma senhora culta, inteligente e com família formada me disse: por vezes vai à igreja e sequer recebe um cumprimento, um aceno ou um carinho por pior que seja. Sua presença é, antes de tudo, um ato de resistência.

Outros admitem: a benção apostólica é a senha para entrar no carro e ir embora. Sem envolvimento. Nada de relacionamento. Zero de comunhão. São realidades presentes nas igrejas pequenas, médias e gigantescas. Quem recusa o diagnóstico só pode ser sócio da alienação. Se realmente fosse assim, por que Jesus Cristo escolheu 12 discípulos para acompanhá-los? Não tomou essa decisão para espalhar sua mensagem. Ficar próximo do semelhante é outra estratégia.

Não há cura? Não há saída? Aqueles sem desejo de refletir sacam de primeira a desculpa: é o final dos tempos, está previsto na Bíblia, etc e tal. Será? Devemos jogar a toalha? Vem outro e solta os clichês básicos: “Olhe para Jesus, não olhe para o homem”, “A igreja é lugar de gente ferida”, “Saia do isolamento. Não dá para viver em um casulo, etc, etc…”. Enquanto isso, a igreja definha, agoniza, morre…Sem ser socorrida. A Igreja é hospital. Jesus é o médico dos médicos. Mas com enfermeiros (pastores) e auxiliares de enfermagem (frequentadores) relapsos muitas vezes o diagnóstico e o tratamento chega tarde demais.

A igreja morre aos poucos porque os clichês e as ideias comuns não são abandonadas. Atitudes práticas sequer são cogitadas. Pegue estes 11 milhões de desigrejados evangélicos. Pergunte a cada deles. Quantos receberam um telefonema, um aceno, um agrado de quem está dentro da igreja? Quantos receberam uma mensagem ou uma palavra de que serão bem recebidos? No fundo, no fundo, virou tudo um salve-se quem puder. O individualismo virou a regra nas Igrejas Cristãs Evangélicas Brasileiras.

O único sentido de coletividade surge para utilizar vitórias individuais para constranger o semelhante. Tenho um carro? Sou melhor do que alguém que não tem. Tenho filhos? Sou superior ao casal sem filhos. Namoro? Ótimo, estou superior ao solteiro, desquitado ou de outro estado civil. Palavras e verbos como amar, doar e compadecer foram substituídos por ter, possuir, vencer, triunfar e massacrar. Normal. Para quem olha o desigrejado com desprezo e desdém.

Jesus Cristo pensou em propagar a sua palavra para a Salvação dos perdidos, mas principalmente para que eu, você e qualquer outro tivéssemos compaixão, amor por aqueles que estão feridos.

Quando alguém aparece para cobrar-me com espirito inquisidor, com ar de superioridade, só porque frequenta uma Igreja Cristã Evangélica, tenho vontade de falar: Se você se considera melhor do que eu porque senta em um banco de igreja todos os domingos, é sinal de que não entendeu nada. Pena.


Coment?rios:





NOME: JimmiXS
CIDADE / ESTADO: 6921mejUuiFJTqHfcdpXf
EMAIL: jimos4581rt@hotmail.com
IP: 188.143.232.14
TEXTO:

t5SXXH http://www.FyLitCl7Pf7kjQdDUOLQOuaxTXbj5iNG.com






Deprecated: Function sql_regcase() is deprecated in /home/pirip419/public_html/admin/config/class.mysql.php on line 62

Deprecated: Function sql_regcase() is deprecated in /home/pirip419/public_html/admin/config/class.mysql.php on line 62

Deprecated: Function sql_regcase() is deprecated in /home/pirip419/public_html/admin/config/class.mysql.php on line 62

Deprecated: Function sql_regcase() is deprecated in /home/pirip419/public_html/admin/config/class.mysql.php on line 62

Deprecated: Function sql_regcase() is deprecated in /home/pirip419/public_html/admin/config/class.mysql.php on line 62

Deprecated: Function sql_regcase() is deprecated in /home/pirip419/public_html/admin/config/class.mysql.php on line 62
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10