O Maior Site de Notícias de Piripiri!
alt-e10fc366cb.JPG

Moises Lopes -

Raphael Assunção -

PUBLICIDADE
botao--6952.gif
botao--9784.gif
botao--1794.gif
botao-kingdon--6271.gif
botao--5125.gif
botao--5332.png
botao--1912.jpg
botao--1091.jpg
botao-Borracharia-Central-5894.jpg
botao--6275.gif
botao--9287.jpg
botao--5108.jpg
botao--6282.jpg
botao-jf-bebidas-7003.jpg
botao-park-village-5502.png
botao--6770.jpg
botao--9878.jpg
botao--7247.jpg
botao--7813.gif
botao-Raphael-Assuncao-1046.jpg
botao--8067.gif
botao--3147.gif
botao--6833.jpg
botao--7347.jpg
botao--1259.gif
botao--5090.gif
botao--7144.gif
botao--5110.gif
botao--9382.jpg
botao--134.jpg



Justiça considera pedido de Panichi um absurdo e seu julgamento permanece em Piripiri



10/01/2017

O julgamento do radialista Ivan Carlos Carvalho Panichi, acusado de atropelar e matar o garçom João Antônio dos Santos, conhecido como João Fidelis, em Piripiri, permanece em Piripiri. Ele havia pedido na justiça a mudança de local do Júri Popular para outra cidade. Na decisão, o procurador chamou de absurdo o pedido impetrado pelo advogado do acusado.

Nesta quarta-feira (11), completa 6 anos e 4 meses do crime. Dentro desse período Ivan ficou preso somente 34 dias. Ele segue em liberdade, vivendo em sua cidade, Teresina.

O CRIME:

De acordo com a denúncia do Ministério Público, Ivan Panichi dirigia o veículo L200 SPORT 4X4 – ano 2006, sob efeito de álcool e desenvolvendo velocidade superior a estabelecida quando colidiu violentamente contra a motocicleta que era pilotada pela vítima.


Coment?rios:









1 2 3 4 5 6 7 8 9 10